Kimono para iniciantes


Eu nunca tinha dado muita bola para kimono. Esse ano, além de comprar o malfadado "kimono" (prefiro "cardigan borboleta") que aparece sempre por aí no seu instagram, meu interesse no kimono tradicional japonês cresceu. Afinal, existe oportunidade melhor para usar kimono do que estar perambulando pelo Japão?

Uma coisa eu tenho consciência: kimono é uma roupa com muito significado. Os níveis de formalidade de um kimono dependem de muitas coisas, e cada um tem uma ocasião adequada para ser utilizada. Usar um kimono informal demais para um casamento te deixa com jeito de desleixada; um formal demais ou chamativo demais para cediar uma cerimônia do chá, não é considerado apropriado; e você causar uma confusão indo num velório de um colega de trabalho com um kimono de luto completo. Ou seja: não é um hobby fácil de começar sem ter um conhecimento muito grande de cultura japonesa.
Tudo isso parece complicado para nós, e até mesmo para alguns japoneses, que só usam essas vestimentas em ocasiões muito especiais e específicas. Essas coisas que eu citei são coisas que a gente aprende também na vestimenta ocidental: um vestido de festa pode ter muitos níveis de formalidade e também é algo que as pessoas se confundem aqui.
Vamos começar com alguns fatos básicos!



O que é, e o que não é um kimono?

Assim como em Lolita, existem um número enorme de falsos kimono* por aí. Para não ser uma ita-dos-kimono é relativamente simples: compre algo que seja um kimono de verdade; e com os acessórios, sapatos e obi adequados. Além disso, é importante cuidar da maquiagem e do cabelo. Não existe maquiagem específica para usar com kimono, mas existem muitos penteados tradicionais que levam os acessórios pra cabelo japoneses tradicionais.
O equivalente Lolita seria: compre um vestido Lolita de verdade, e use com anágua e acessórios adequados.
Quiporraéessa clássico do Ebay

Que partes um kimono possui?


Haneri/nagajuban: Nagajuban é o que se usa por baixo do kimono para ele não entrar em contato direto com a pele. Geralmente é mais curto e de material mais leve. A gola tem que aparecer por baixo do kimono. Haneri é uma gola decorativa, geralmente colorida ou com padronagem. Ela pode ser comprada separadamente e costurada diretamente no nagajuban (tutorial).

Tomoeri: a gola exterior do kimono, faz parte fisicamente do próprio kimono e é sempre do mesmo tecido do resto da peça.

Sode/tamoto: são as mangas de um kimono. Kimono com as mangas longas como no desenho se chamam furi-sode, e são usados somente por crianças ou mulheres jovens e solteiras. Os modelos com as mangas mais curtas podem ser usadas por qualquer pessoa, mas não são usados por crianças. 



Obi: é a faixa larga que segura o kimono no corpo. Além de decorativo, ele esconde as curvas do corpo da mulher usando (e para isso, pode ter uma espécie de almofada) e também o ajuste do tecido que sobra quando se dobra o kimono, encurtando-o para a altura de quem o usa. Geralmente tem um tecido bem estampado. Pode ter tipos variados de formatos e larguras, desde os usados pelas maiko que tem até 6 metros (!) de comprimento, a obi pronto para usar que não precisa ser amarrado. Eles podem ser amarrados de muuuuitas formas, algumas mais formais e complexas, e outras menos. Daria pra escrever um texto enorme sobre isso (como o deste blog).

Obi-age: é como se fosse um lenço que fica embaixo do obi e aparece um pouco no topo. Ele é vital para amarrar o obi de forma correta. Se quiser ver uma das formas de como isso é feito, veja o video acima!

Obi-jime: é o cordão decorativo que é amarrado no centro do obi. Existem vários nós que podem ser feitos nele. 

Obi-dome: decoração centralizada, como um broche, que fica bem no centro do obi-jime.

Oshahori: é a dobra que sobra do ajustamento de um kimono para a altura de uma pessoa.

Tabi: são as meias especiais com os dedos separados, para serem usados com os diversos tipos de sapato que dividem os dedão do pé do resto dos dedos.

Zori (zoori/zouri): é o nome do sapato especial para usar com kimono, é tipo um chinelo com uma plataforma de madeira. Mas existem uma infinidade de sapatos para usar com kimono (veja eles aqui).

Que tipos de kimono existem?




Os kimono podem ser classificados por várias características.
  • Kamon: os kimono mais formais possuem 1, 3 ou 5 brasões de família. Esses brasões são chamados kamon ou só mon, e geralmente possuem um formato circular com algum dos símbolos tradicionais. Quanto mais brasões, mais formal o kimono é.
  • Cor: os dois kimono mais formais são pretos: o kurotomesode e o kimono preto para luto (mofuku). Eles são mais formais que as outras cores.
  • Estampa: os kimono com estampas grandes e contínuas são mais difíceis de fazer, e portanto, mais formais e mais caros. Os pro dia-a-dia podem ser lisos ou com uma estampa pequena/simples por todo o tecido (note que, mesmo sendo simples, alguns iromuji possuem os selos/kamon comentados acima: portanto, são formais).
  • Tamanho da manga: furisode são kimono com as mangas muito compridas. Somente mulheres jovens/solteiras podem usá-lo.

Infelizmente não achei muitas referências em português, mas tentei pegar referências em inglês que é mais fácil de decifrar do que japonês, para a maioria!

Gostaram? Vem mais por aí!
Você já usou kimono? Me manda uma foto @diasdecha ou na página do Facebook que eu compartilho sua história!
Nunca usou? Eu também não... então me mande uma foto do tipo de kimono que você mais tem vontade de usar aqui nos comentários, ou nas redes sociais :)

Referências úteis:

Kimonos, stuff to know

Real or Fake Kimono?


* No japonês, não existe plural. Por esse motivo, como escrevi a palavra original apenas em romaji (letras ocidentais), não utilizei o plural. Se tivesse usado a versão aportuguesada, teria escrito quimonos, mas eu quis manter uma continuidade no texto. 

Share this:

Responsáveis pelo Layout

Seobloggertemplates

Hello We are SeoBloggerTemplates, Our name came from the fact that we are best. We specialize in designing premium looking fully customizable highly responsive blogger templates.

3 comentários:

  1. Adorei saber um pouco mais sobre kimonos. Ir ao Japão é uma ótima oportunidade de usá-los.

    ResponderExcluir
  2. Que post interessante!!! Adorei demais todas essas informações. Eu tenho um yukata e usei ele pela primeira vez no último fim de semana :) É um pouco trabalhoso para vestir no início, mas é muito bom! Espero poder te ver de kimono logo logo! ^_^

    Tenha um lindo fim de semana!
    http://deliriosdeconsumismo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Gostei muito de aprender um pouco sobre Kimonos, embora eu ache que nunca irei usar um >< Talvez um Wa-Lolita mas kimono completo acho difícil.

    Obrigada pelos links e informações! Em inglês já facilita bastante ^^

    www.rendasedoces.com

    ResponderExcluir

Seja educado(a).

Posts com spam ou propaganda serão deletados.

Não são permitidos comentários do tipo "visite meu blog"/"siga de volta" sem nenhum comentário sobre a postagem. No máximo, deixe o link no fim do seu comentário.
Eu sempre visito quem me comenta mesmo sem link :)